segunda-feira, 9 de maio de 2011

A Toca em Movimento - Tortinho

Amados(as) que nos acompanham, pretendo nesta semana deixar um pouco da Toca em Movimento, espero que gostem.
Abraços e carinhos, desejando que todos estejam bem, com saúde e na paz e proteção dos lares.
Sempre, Toca dos Gatos ^.^
********

Ah, tá! Para quem não sabe da história do Tortinho:
Ele apareceu sobre o muro de casa há cerca de 8 anos atrás. Como era comum que pombos viessem aqui para o quintal para sua despedida da terra, vi esse menino o dia todo nos cercando. Rezei e me despedi dele ao entardecer na certeza que no dia seguinte o encontraríamos morto no quintal. Mas desta vez ele amanheceu bem por aqui. Ficou por 3 dias percorrendo apenas o quintal, até que o toquei para dentro da garagem para que dormisse sem risco que algum gatinho estranho viesse no quintal e o matasse. E assim ele se sentiu em casa, e foi ficando, ficando... se casou com Da. Maricota, teve dois filhos... e está vivo como podem bem ver. Ele só não voa, isto graças a alguma maldade humana que lhe tirou o dom de voar.
Para quem se interessar, vá clicando nas postagens anteriores e verá muito da saga de vida dele e de sua família, desde que nasceu um ovinho, depois dois que se transformaram em dois lindos Formosinhos, que seguiram sua vida! - O nascimento dos pequenos ocorreu em Junho/2010.



video


Cântico de Louvor

Quando a vida começava no mundo, os pássaros sofriam bastante.
Pousavam nas árvores e sabiam voar, mas como haviam de criar os filhotinhos? Isso era muito difícil.
Obrigados a deixar os ovos no chão, viam-se, quase sempre, perseguidos e humilhados.
A chuva resfriava-os e os grandes animais, pisando neles, quebravam-nos sem compaixão.
E as cobras? Essas rastejavam no solo, procurando-os para devorá-los, na presença dos próprios pais, aterrados e trêmulos.
Conta-se que, por isso, as aves se reuniram e rogaram ao Pai Celestial lhes desse o socorro necessário.
Deus ouviu-as e enviou-lhes um anjo que passou a orientá-las na construção do ninho.
Os pássaros não dispunham de mãos; entretanto, o mensageiro inspirou-os a usar os biquinhos e, mostrando-lhes os braços amigos das árvores, ensinou-os a transportar pequeninas migalhas da floresta, ajudando-os a tecer os ninhos no alto.
Os filhotinhos começaram a nascer sem aborrecimentos, e, quando as tempestades apareceram, houve segurança geral.
Reconhecendo que o Pai Celeste havia respondido às suas orações, as aves combinaram entre si cantar todos os dias, em louvor do Santo Nome de Deus.

Por essa razão, há passarinhos que se fazem ouvir pela manhã, outros durante o dia e outros, ainda, no transcurso da noite.

Quando encontrarmos uma ave cantando, lembremo-nos, pois, de que do seu coraçãozinho, coberto de penas, está saindo o eterno agradecimento que Deus está ouvindo nos céus...

(Do livro "Pai Nosso", pelo Espírito Meimei, Francisco Cândido Xavier)

15 comentários:

Toca das Felinas disse...

Ah! Vc também tem passarinhos? Aqui em casa temos 2 piriquitas, mas que já foram 11! Cada um foi seguindo seu caminho, uns indo para casa de amigos e parentes e outros acabaram fugindo... A Laura se dá muito bem com eles pois os conhece desde pequena, mas a Marie e a Hope ainda estranham, pois não estão muito acostumadas...
Adoramos o post!

Pepi disse...

Querida Ana,
Obrigada pelo seu carinho, sempre
Adorei ver o vídeo do tortinho
Um amor!!
Um grande abraço e beijinhos
Tenha uma ótima semana
Ronrons,Lambeijos e Afagos para os Bichinhos da Toca de
Verena e Bichinhos

Maira disse...

Oi Ana, que legal que vc conseguiu ficar com o Tortinho em segurança sem problema com os outros bichinhos da casa, ele já está aí a 8 anos, nossa!!!! Sinal de que está sendo muito bem cuidado. Eu me lembro quando nasceu os filhotinhos, que gracinhas!
Obrigada por seus carinhos no meu blog, vejo vc sempre por lá e isso me deixa muito feliz! Beijinhos à todos da Toca, para os que tem penas, para os que tem pêlos e para os humanos também, é claro! rsrsrssr...

Luciana disse...

Ana o video do Tortinho está uma graça,que sorte ele teve de encontrar você, um anjo que Deus mandou para ajudar estes seres pequeninos e indefesos,você realmente é um ser iluminado e especial.
tenha uma ótima semana beijos.

Luciana disse...

Ana o video do Tortinho está uma graça.que sorte ele teve em encontrar uma pessoa como você,um anjo que Deus mandou pra cuidar e proteger esses seres pequeninos e indefesos,você realmente é um ser iluminado e especial.
Tenha uma ótima semana beijos

Nikita disse...

Ana Clara que história linda de amor! Amei de paixão ver o vídeo do Tortinho. O que é o amor, carinho, atenção e cuidados....transforma vidas. Ele vive junto com os gatinhos e a Lara?

Boa semana pra você!

Beijos, Nèia e Nikita:)

Blog da Rutha disse...

O Cântico é maravilhoso ! Eu adoro passarinhs cantando, mas às vezes eles cantam demais...
O video do Tortinho é ótimo, ele é muito ativo e fofinho ! Felizmente os meninos da Toca ficam recolhidos dentro de casa, se fosse aqui a Rutha ia ficar desesperada para persegui-lo...
Ótima semana pra turma toda da Toca ! Sempre amo seus comentários no meu blog ! Obrigada !
Beijos
Laís

Gisa disse...

Adorei ver o Tortinho em movimento! Fui uma das que acompanhou seu romance, o nascimento dos filhinhos... Linda a história dele, como nos transmitiste: ele não podia voar até seu amor de espécie, então ele voou até ele e lhe deu a chance de viver a experiência eterna de ser papai. Nada disso seria possível se não tivesses lhe dado um lar seguro; coisas assim aquecem nosso coração, não é amiga? Uma semana maravilhosa para todos vocês dessa Toca encantada!

GRAÇA disse...

Adorei ver o video do tortinho
Ronrons e uns bons dia estou vossa espera lá no blog
Ronrons da amiga
Kika

Veronica Gregório disse...

Ele é um fofo!!! Acho incrível como ele confia em você Ana!! Ele ficou e nunca mais foi embora, se sente bem aí =D Infelizmente, a maldade humana ainda existe, outro dia mesmo briguei com um menino que estava brincando de assutar os pombos que estavam comendo.... tadinhos, o que fizeram?? Enfim, o importante é que o Tortinho tem um lar seguro e com muito amor:)

Beijos!

Claúdia Luz disse...

Bom dia ANA !!


Adorei o post!! Também acho uma estupidez maltratar um ser inocente.
Passei para avisar que tem selinho para você na postagem de domingo.
Desculpe não vir antes, estou sem óculos, mandei fazer um novo. Ceguinha!ah!
O lindão aprendeu a miar,como berrar!Já consegue ficar em pé.
Estranho como a fome pode acabar com um ser. E bom dividir iso com você . Sei que sabe o que é cada pequena coisa . Transforma-se em emoção.
Uma linda semana !! Mil beijos !!

Nina e Nine disse...

linda história do tortinho, muito legal mesmo!...beijoss

Cães e Focinhos disse...

oi amiga como vai vc?aqui tudo otimo,minha dor na coluna diminuiu graças a bombas de remedios,kkk a cidade que estou e mui gostosa mesmo,bem pequena e tranquila e nao me canso de ficar a janelaa olhando os pinheiros,sao maravilhosos.meus bichos estao otimos,bem livres.bom agora me vou um beijo a vc e seus amores

Anônimo disse...

olá!
Cai aqui por um acaso, amei tuas receitas, pois sou vegetariana,mais ainda essa linda família d felinos , sou mamãe d bigodes e focinhos e tia d alguns biquinhos q me dão o prazer d sua visita todos os dias, não tenho nenhum preso são livres como pedem a natureza, alem d rolinhas, pombas, pássaros diversos, tenho o privilegio d observar 2 tucanos,uma família bem terrorista de gaviões, algumas garças e patos selvagens, como muitas maritacas q deixam meus gatos loucos com seus gritos, uma vez por ano dois casais fazem seus ninhos dentro do forro da minha cozinha, qndo seus bebes estão prontos pra voarem eles se vão... sinto falta da bagunça no forro, mas honrada pela confiança d poder abriga-las enqto precisam.
Gostei muito do seu blog.
Abraços
Andréa

Marília disse...

Querido amigo Tortinho, hoje venho lhe contar uma pequena história de um pombinho que igual à você, também foi vítia da maldade humana. Vi, aquele que eu chamo de amigo penudo pela primeira vez enquanto trabalhava, ele estava andando pelo supermercado procurando algo para comer pelo chão, ninguém sabe como ele entrou, mas agora sabemos como ele saiu e eu vou te contar. Acabava de começar nosso dia de trabalho, eu estava no caixa preferencial, o movimento estava fraco, e eu estava encolhidinha de frio e destraida, até que vi o pombinho passando e a minha colega Lili atrás dele vinha com uma caixa para poder pega-lo. Já a alguns dias muita gente queria pega-lo não para fazer maldade, mas para poder ajuda-lo já que ele estava com os pezinhos amarrados por um fiozinho que ninguém sabe como foi parar lá. Mas hoje, graças a três heróis nosso amigo penudo foi salvo e ganhou a liberdade para fora do supermercado, porém ele gostou tanto de ficar lá dentro que algumas horas depois vejo ele entrando de novo e zanzando pra lá e pra cá como se trabalhasse por ali. Essa história felizmente acabou com um final feliz. Beijinhos amiguinho!