terça-feira, 2 de março de 2010

O cavalinho de pau

Certa tarde o paizão saiu para um passeio com as duas filhas, uma de oito e a outra de quatro anos.
Em determinado momento da caminhada, Helena, a filha mais nova, pediu ao pai que a carregasse, pois estava muito cansada para continuar andando.
O pai respondeu que estava também muito fatigado, e diante da resposta a garotinha começou a choramingar e fazer "corpo mole".
Sem dizer uma só palavra, o pai cortou um pequeno galho de árvore e o entregou à Helena dizendo:
- Olhe aqui um cavalinho para você montar, filha! Ele irá ajudá-la a seguir em frente.
A menina parou de chorar e pôs-se a cavalgar o galho verde tão rápido, que chegou em casa antes dos outros.
Ficou tão encantada com seu cavalo de pau, que foi difícil fazê-la parar de galopar.
A irmã mais velha ficou intrigada com o que viu e perguntou ao pai como entender a atitude de Helena?
O pai sorriu e respondeu dizendo:
- Assim é a vida, minha filha. Às vezes a gente está física e mentalmente cansado, certo de que é impossível continuar. Mas encontramos então um "cavalinho" qualquer que nos dá ânimo outra vez. Esse cavalinho pode ser um bom livro, um amigo, uma canção... assim, quando você se sentir cansada ou desanimada, lembre-se de que sempre haverá um cavalinho para cada momento, e nunca se deixe levar pela preguiça ou o desânimo.
(a.d.)

8 comentários:

Carol Liôa disse...

q historinha linda!!!! (agora com meu perfil certo^^)

Luciana Luz disse...

Linda história e super verdadeira. No mundo atual então! Quase todo dia pego um cavalinho pra continuar...
Beijos e obrigada pelo comentário lá no blog hehehe

^.^ Ana Clara ^.^ disse...

É minhas amigas, é verdade... neste mundão de Deus, se não houver um "cavalinho" para nos dar ânimo novo todos os dias... afff, é bom nem pensar. Muito obrigada pelo carinho de vocês, deixados em seus comentários.

Toquinha do Artesanato disse...

Oi amiga, obrigada pelas receitinhas; tentei te responder, mas deu falha no e-mail, acho que o meu tá com problemas!
Beijo e obrigada de novo!

Tuka Miranda disse...

Aninha!!!!
Que história linda, adorei!
Olha q engraçado...
Parei um pouco as costuras e entrei no meu blog...Vi q vc foi me visitar e deixou um recadinho...isso me deu um animo tão grande e chegou aqui me deparo com esta história; conclusão amiga hoje e em muitos outros dias, os seus emails e as suas mensagens me anima e encoraja a continuar...
Um grande beijo,

^.^ Ana Clara ^.^ disse...

Simone querida, fico feliz que tenha gostado, espero que pelo menos uma realize a sua vontade.
Tuka, que lindas as suas palavras. Que a cada dia você encontre o seu cavalinho, seja com os amigos, seja no seio de sua família.
Adoro vocês, Ana Clara.

Cães e Focinhos disse...

oi adorei que vc se adicionou ao meu blog,estou mui feliz um grande beijo e fica com deus

^.^ Ana Clara ^.^ disse...

Amém Bernardete, fique com Deus também, que Ele te ilumine e te dê forças para continuar ajudando os seus bichinhos. É uma honra te seguir. Eu demoro mas vou me adaptando a net... rs, rs, rs...