sábado, 29 de dezembro de 2007

O Velho Ano Novo


O velho Ano Novo!

Lá se vai o Ano Velho
Despedindo-se do novo
Trazendo sonhos pro povo.

No ano que se inicia
Desejo de paz alegria
Um mundo de fantasia



Começa tudo de novo...
No céu explodem foguetes
A multidão se assanha
O pobre pede um emprego
O rico estoura champanha.

O Velho pede saúde,
Muita paz e energia
O jovem não pede nada
Uns vivendo de mesada
Outros com a mesa vazia!



E assim o mundo vai,
Anos e anos a fio,
E o grande desafio
Ninguém consegue enfrentar
Pois o verbo repartir,
Dividir, querer e amar
Muitos sabem conjugar
Poucos sabem praticar
E muito menos sentir...



Tomara que este ano,
Seja muito diferente,
Onde a fraternidade,
A ternura e o calor,
Façam a vida mais contente
Dando afago a toda gente
Que tem fome de carinho,
De emprego, pão e de amor!

Antonio Manoel Abreu Sardenberg




2 comentários:

CresceNet disse...

Gostei muito desse post e seu blog é muito interessante, vou passar por aqui sempre =) Depois dá uma passada lá no meu site, que é sobre o CresceNet, espero que goste. O endereço dele é http://www.provedorcrescenet.com . Um abraço.

^.^ Ana Clara ^.^ disse...

Volte, volte, volte sempre, pois serás sempre bem-vindo aqui.
Abraços da Toca dos Gatos.