terça-feira, 19 de abril de 2011

Indo por aí - final

Muito bem, hoje voltamos, como combinado, para continuarmos nosso passeio pela cidade de Poços de Caldas.
Queremos deixar muuuuuitos beijinhos para todas as que se propuseram a caminhar conosco, que deixaram seus comentários e seus desabafos.
Então, vamos lá... lembrem de clicar sobre as fotos, para visualizarem bem!

Dia desses vimos esta capivara aqui muito perto de casa. Elas moram nas proximidades da Represa Bortolan, mas cada vez mais temos visto elas cruzando a cidade, atrás de alimento, atrás de aventuras. Semana passada no telejornal, reclamavam que "elas" estavam invadindo as plantações de milho na represa. Entenderam gente? São "elas" que estão invadindo. Não são os humanos que passaram a plantar no território destinado a elas. Meu medo é que em breve abram a temporada de matança a esses pequenos, assim como tem acontecido em outras cidades da região.

Ahhhh!! Esse foi um Domingo perfeito, manhã nublada, fresca, de uma brisa convidativa a uma boa caminhada. Notem que as nuvens ainda nem haviam subido! Um dia perfeito!!

E me surpreendi com um ato de bondade, ou bom senso.

Podaram algumas árvores na Av. Mansur Frayha, e para meu espanto, respeitaram as casinhas de João de Barro que haviam nos galhos.

De tanta maldade e crueldade a qual temos contato no dia-a-dia, merece um elogio a esse ato de respeito a natureza. Parabéns!




Falo isso porque sempre que caminho, vou jogando sementes. São de pitanga, às vezes de mamona! Sim, mamona! Produzem sombra, são fáceis de pegar e resistentes! Um dia desses, avisei ao jardineiro que passava a máquina na grama da Av João Pinheiro que não cortasse um pezinho que estava nascendo, o qual eu havia semeado. Fui para o centro, e quando voltei, o infeliz havia passado por cima dela e cortado. Desaforento! Jardineiro sem sentimento, sem amor e respeito ao que faz. Mas.... tudo bem.... na Mansur Frayha há vááááááááários pezinhos que estão a coisa mais rica do mundo. Vou lhes mostrar em outra oportunidade. Não escrevi livros, não tive filhos, mas plantei árvores pelo caminho! Eu deixei minha marca no planeta!


Tá... vamos voltar ao passeio!


Trouxeram sua cestinha de pique-nique? Então vamos adentrar agora no Bosque do Bairro Santa Rita, entrando pela Rua Humberto de Campos.

Havistamos muuuuitas árvores frutíferas, tem café, tem xuxu, tem couve, tem mandioca, tem pé-de-cana! É uma delícia parar pra ver!

Aqui abaixo um pé de banana! Você pode achar isso tão comum, tão chulo... um pé de banana!!?

Sim, pelo jeito em que as coisas caminham em nome do progresso, em pouco tempo ninguém mais verá um pé de banana.

Quando eu vim morar em Poços, o comum éramos ver muitos pés de carqueja. Não havia fígado com problema. Comeu? Abusou? Era só atravessar uma rua e buscar uns galhinhos, colocar na água e amenizar o mau-estar? E eu te pergunto: - Para onde foram os pés de carqueja? Você atravessa essa cidade de ponta a ponta e não vê um para contar a história!

Onde estão os pés de Ipê? Derrubaram tuuuuudo para construir o Jardim Ipê, que de ipê só sobrou o nome. Nem ipê na calçada tem. Verdadeiros crimes em nome do progresso!

Mas me perdoem o desabafo, vocês vieram aqui para passear, não para ouvir o meu blá-blá-blá wiskas sachê!

Outra coisa para guardarem bem na memória é o que vou lhes mostrar agora!

Isso se chama PAINA. Sim, paina.

Antigamente, as senhorinhas iam aos matos buscar paina para fazerem os travesseiros. São muuuuuuuito fofinhos, como algodão!

Aqui, nesta foto abaixo, foi tirada a cerca de 3 semanas atrás.

Os frutos ainda estão bem verdes, vejam ainda flores no pé.



Voltei lá Domingo último, já na esperança de que estivessem mais abertos para lhes mostrar. Mas consegui apenas um fruto que já abriu e veio ao chão. Do restante, creio que para maio conseguirei de fato lhes mostrar melhor. O chão de entrada do bosque fica branquinho, com a paina esparramada no chão. Vejam...


E enquanto víamos o sol se pôr, alguém cantava para nós. Era um lindo sabiá, sobre uma árvore que secara. Ficou orgulhoso porque prestamos atenção ao seu canto e fez pose para nós.

E para finalizar nosso passeio de hoje, mais um pé de abacate, no Bosque do Bairro Santa Rita, carregadérrimo. Gente, fiquei com tanta vontade de comer abacate, que desci o bosque e fui para o Bretas (supermercado), comprei um e degustei em casa com a boca boa, he, he...

Eu não gosto de me servir do que vejo na rua, em respeito a natureza, vejo e deixo lá!

Bom amadas(os), espero que tenham apreciado passear um pouco conosco. Há ainda muito o que se ver, e aos poucos irei fotografando e compartilhando com quem separar um tempinho para caminhar com a gente.

Amanhã eu volto mas com uma guloseima para a Páscoa.

Beijos, tenham um lindo dia, Toca dos Gatos ^.^




13 comentários:

milene disse...

Que passeio bacana! Muito linda é Poços de Caldas. Adorei os detalhes que descreves na postagem. Bjs

Cláudia Viana disse...

Amei passear com voce,tudo muito lindo e matar um cadinho da saudade,adoro o sotaque mineiro,sinto muita falta dessas montanhas lindas cheia de nuvens,poços é realmente um lugar especial e muito pra mim,muita saúde,paz e felicidades pra todos da toca,bjs.

Lisandra Reis disse...

Obrigada pelo recadinho, uma ótima semana santa pra vc também!
Bjão...

Patrícia disse...

Minha prima estudou aí, mas eu não tive a oportunidade de visitá-la... Perdi uma chance, mas o passeio com vc já valeu a pena!
Beijinhos!

Cláudia Viana disse...

Obrigada pelo carinho Ana eu agora também sou um coração repartido ao meio,espero te conhecer pessoalmente quando for aí,vou querer saber tudo sobre poços e fazer caminhada contigo,bjs.

Camila disse...

Nossa! Com esse post sou praticamente nativa de Poços de Caldas, rsss
Tudo muito lindo Aninha! Um grande beij em todos da Toca

Biula disse...

Oi, Ana, boa tarde!

Como é bom passear com calma, curtindo os detalhes da paisagem!

Obrigada pelas visitas e mensagens sempre tão carinhosas. Que a Semana Santa seja de muita paz no coração de todos da Toca.

Beijo,

Cães e Focinhos disse...

mui lindas essas fotos,a cidade p qual eu vim e Abdon Batista SC bem pequena mais mui legal,tranquila,minha bicharada estao mui bem,agora quero ver se dou mais atencao p vcs,mil beijossssssssssssssssss

Jussara Machado disse...

Que passeio delicioso, e que lugares lindos!
Eu me encantei com a casa do João de Barro.
Feliz Páscoa para todos da Toca, muitos beijinhos para todos vcs.
Jussara

Raisa disse...

Oi Ana! adorei o passeio,sua cidade é linda..olha apareceu uma gatinha aqui em ksa,ela é novinha e acho que nem entrou no cio ainda,mais como aqui em ksa já tem o Bambam e o Memé..nao posso fikar com ela..minha tia nao deixa..eu moro na praia grande litoral sul de sao paulo..se vc conhecer alguém que queira adota-la..mé dá um toque..vou postar uma foto dela no meu blogger.desde de já agredeço..bjs e ótima semana.

Nikita disse...

Ana Clara querida, amei poder passear com você por sua cidade. O passeio foi simplesmente maravilhoso e muito agradável.
Como você me perguntou na minha cidade até tem árvores mas,não tantas e não vejo árvores frutíferas por aqui, infelizmente. E olha que minha cidade é intitulada como a cidade das árvores...rsrsrs eu moro em Araras.

Obrigada pela caminhada!!

Beijos, Néia:)

Gata Lili disse...

Eita viajem legal!!! :) Vem ver no meu blog hj o meu publieditorial. Vc vai gostar!

Joart Flores disse...

Que lindo passeio! Minha mãe sempre fala de Poços de Caldas. Ela tinha umas tias que viviam aí... E tive um colega de cursinho daí também. Sei que é uma cidade lindíssima e o clima é dos que eu gosto: mais friozinho.
Amo paineira. Uma vez tirei foto de uma que estava coalhando o chão com suas flores rosas. Coisa mais maravilhosa!
Beijinhos, queridos!
Com carinho