quarta-feira, 30 de março de 2011

A latinha de leite

Aqui na Toca é assim, tudo é compartilhado. O pires de leite, o creme do pavê, o mingau de farinha láctea que tomam uma vez na semana, a tigela da ração, a cama, o afeto... o segredo da harmonia é compartilhar!
video



A LATINHA DE LEITE


Dois irmãozinhos maltrapilhos, provenientes da favela - um deles de cinco anos e o outro de dez - iam pedindo um pouco de comida pelas casas da rua que beira o morro. Estavam famintos. - Vai trabalhar e não amole - ouvia-se detrás da porta. - Aqui não há nada moleque... - dizia outro. As múltiplas tentativas frustradas entristeciam as crianças... Por fim, uma senhora muito atenta disse-lhes: - Vou ver se tenho alguma coisa para vocês... coitadinhos! E voltou com uma latinha de leite. Que festa! Ambos se sentaram na calçada. O menorzinho disse para o de dez anos: - Você é mais velho, tome primeiro... E olhava para ele com seus dentes brancos, a boca semi-aberta, mexendo a ponta da língua. Eu, como um tolo, contemplava a cena... Se vocês vissem o mais velho olhando de lado para o pequenino... Ele levou a lata à boca e, fazendo gesto de beber, aperta fortemente os lábios para que por eles não penetre uma só gota de leite. Depois, estendendo a lata, diz ao irmão: - Agora é sua vez. Só um pouco. E o irmãozinho, dando um grande gole, exclama: - Como está gostoso! - Agora eu, diz o mais velho. E levando a latinha, já meio vazia, à boca, não bebe nada. 'Agora você', 'Agora eu', 'Agora você', 'Agora eu'... Depois de três, quatro, cinco ou seis goles, o menorzinho, de cabelo encaracolado, barrigudinho, com a camisa de fora, esgota o leite todo... sozinho. Esse 'agora você', 'agora eu' encheram-me os olhos de lágrimas. E então, aconteceu algo que me pareceu extraordinário. O mais velho começou a cantar, a sambar, a jogar futebol com a lata de leite. Estava radiante, o estômago vazio, mas o coração trasbordante de alegria. Pulava com a naturalidade de quem não fez nada de extraordinário, ou melhor, com a naturalidade de quem está habituado a fazer coisas extraordinárias sem dar-lhes maior importância. Daquele moleque nós podemos aprender a grande lição: "Quem dá é mais feliz do que quem recebe." É assim que nós temos de amar. Sacrificando-nos com tal naturalidade, com tal elegância, com tal discrição, que os outros nem sequer possam agradecer-nos o serviço que nós lhe prestamos.


autor desconhecido por mim


Tenham uma linda quarta-feira, na alegria de Deus, Toca dos Gatos ^.^


16 comentários:

Verônica Bachini disse...

Oi querida, tudo bem? Aqui anda complicado compartilhar, como cada vez chega um gato novo os antigos ficam enciumados e é aquela sinfonia de rosnados durante o dia... rs
E sabe que jogaram outro gatinho no meu quintal ontem à noite? Deve ter no máximo um mês, e nem sabe comer sozinho ainda, um crime tirarem o bichinho da mãe! É uma bolinha de pêlo, gordinho e muuuito mansinho. Tenho que encontrar um dono para ele rápido.
Beijim.
§;o)

Wayne, Rodrigo e nossos felinos: Lola, Lilica, Smigol e Preta disse...

Aiii, que lindooos! Eita vida boa hein...rsrsr....devia estar uma delícia...kkk...mingau de farinha lactea é novo pra mim...pode? A minha Preta ama quando como banana amassada com farinha lactea, ela acho que é pra ela...só dou um pouquinho, o finalzinho...rsrsr...bjs

Feito por Li disse...

Olá Ana Clara! Estou aqui para dizer que seu blog é uma fofura!!! Gostei muito de passear por aqui... Aqui em casa nós amamos nossos gatos, temos 2, pq 2 é melhor que um e assim vai... até postei fotos deles no meu blog, dá uma passadinha lá para conhecer... Deixo um beijinho para cada bigodinho seu, e desejo muita saúde e sucesso para todos...Ah!!! Aqui em casa também é tudo compartilhado!
Com amor,
Ligia
Sigo para não perder contato!

Marília disse...

Ai que gostoso poder ver meus sobrinhos do coração todos bem e famintos! rsrs
Ana, amei esse texto, é verdade que a gente fica muito mais feliz quando damos do que quando recebemos. É muito bom ver a felicidade nos olhos de outra pessoa e saber que você é quem foi que proporcionou essa alegria!
Muitas bitoquinhas para vocês!

Natália disse...

Oii!
Ana adorei o video eu e minha mãe ficamos assistindo ela amou os peludões..rsrsrs..menina já estou preparando os miminhos comprei lacinhos para o "cabelo" da Larinha e adesivos com strass para colar na testa depois do banho ,tão lindos ela vai ficar um amor

Efi (la gata naturalista) disse...

Qué buenos irmanzinhos en la Toca!
Si todos compatiéramos más, el mundo sería mucho mejor!
Boa semana y muito obrigada por vocè comentarios siempre cariñosos!
Saludos!

Luciana disse...

OI Ana se o ser humano tivesse um terço do senso de compartilhar que os peludinhos têem o mundo seria muito melhor,não acha?
Uma ótima semana beijos.

Angelique disse...

Que delicia, nós também queremos mingau de farinha láctea tiaaaaaaa...

Lambeijocas da Nina e da MIssy

Blog da Rutha disse...

É por isso que eu amo esses meninos ! Eu sou viciada em farinha láctea ! Faço um mingau todos os dias de manhã há mais de 20 anos, quando acaba é porque preciso ir ao supermercado comprar mais...e tá caro !
Eles são ainda mais lindos no video, todos peludos e fofos, dá vontade de apertar um por um !
Eu também acho que é muito melhor dar do que receber !
Beijos
Laís

INSPIRAÇÕES disse...

Que fofura !!!!!



Eu tenho que separar tudo aqui , pois a Sheron come o dela e se deixar o da irmã também.... kkkkk



Beijos

Nikita disse...

Ana Clara querida, que vídeo mais delicioso de se ver. Quanto gatinho amado, querido e saciado de amor, carinho e comidinha...hehehe AMEI esse vídeo.
Já tinha lido essa mensagem, é linda!!

Beijos, Néia:)

Veronica Gregório disse...

OI Ana! Oi galera da Toca!
Ai que meninos lindos dividindo!! São ótimos irmãos ou não são? hehehe
Adorei!!!!!!!!

Beijinhos!

Gente Arteira disse...

Olá, passei p/ convidá-la p/ participar da 1a. troquinha promovida pelo meu blog. ficarei feliz com sua participação. Dúvidas gentearteira2010@hotmail.com

Bjs
Ana Claudia - Gente Arteira

Carol disse...

foooofooooos!! Eles sao perfeitos. AMO!

Beijos!

Joart Flores disse...

Ola, Ana
Vc por acaso estava aqui em casa? rs
Eu e meu marido estávamos conversando sobre isso ontem.
Em como é digno, lindo, honrado, ajudar. Mas também como é feio, meio ridículo e até desconcertante quem se gaba de tê-lo feito. Perde-se, aí, toda a beleza e grandeza do ato, não é mesmo?
Linda mensagem.
Beijinhos, com carinho

Pepi disse...

Querida Ana,
Que legal que os bichinhos da Toca tomam mingau...rsrs e
que linda e comovente história
Cheguei a me emocionar...aff
Ronrons e Lambeijos para todos da Toca e um beijo no seu coração
Fiquem bem
Verena e Bichinhos